sábado, 29 de janeiro de 2011

Heinrich Ryuichi


Não poderia de mostrar a minha mais inovadora, inspiradora, detalhista, emotiva obra prima! Essa sim, eu superei.

"Meu pequenino, meu amor, minha vida
Sem teus olhos
Não enxergaria o mais minúsculo dos insetos
Sem teus olhos
Não conheceria o maior amor da vida
O vento leva a minha alma
Mas você renova a minha vida
Trazendo em seus pequenos gestos a minha maior motivação"